sábado, 1 de setembro de 2012

10 Motivos para não casar com uma pessoa que não serve a Deus.

Sei que estou sujeito a levar pedradas por este artigo, mas segurem as pedras só um pouquinho e me permitam explicar.
Uma pessoa me perguntou, porque era errado namorar com uma pessoa não compartilha da mesma fé. Então começamos ali uma discussão saudável, até que eu disse: Eu vou lhe apontar 10 motivos pelos quais eu não acho certo namorar uma pessoa que não serve a Deus. Então com o desenrolar da conversa, eu vi ali uma oportunidade de postar aqui estes 10 motivos, se você concorda amém, se não concorda tem todo o direito de comentar tá bom? Sem ofensas,pode expressar sua opinião, mas, se tiver ofensas eu não publico.



Também quero deixar claro, que quando uso a expressão SERVIR A DEUS, estou me referindo à uma pessoa Cristã Protestante (assim como eu), lembrando que Cristão Protestante é aquele que só tem Cristo como mediador entre o Pai e os homens.
10 Motivos para não se relacionar sentimentalmente com uma pessoa que não serve a Deus.

1° Ritmo de vida.
Qual é o ritmo de vida de um(a) Cristão/Cristã? Toda semana, ele vai uma, duas, três ou mais dias na igreja. Isso para um “ímpio” já cheira como fanatismo, então se não quer ser chamado de fanático (a), caia fora rsrsrs. Você sabe que não é fanatismo, é alimento estar na igreja ouvindo a Palavra estando em intimidade com Deus, mas não queira que uma pessoa que não tem a sua fé entenda isso.
2° Vida Sexual.
Um casal de namorados “do mundo” se relaciona sexualmente como se fosse a coisa mais simples do mundo (não digo todos – mas a maioria) Nós Cristãos já sabemos que relação sexual é um laço de almas, porém, só podemos laçar nossa alma com quem somos casados. Não sou ingênuo de pensar que TODOS os Cristãos seguem a coisa desta maneira, infelizmente. Criatura de Jesus, não queira que um namorado(a) “de outra religião” entenda que você quer se guardar, não queira mesmo, isso não existe!
3° Separação do pecado.
Você acha mesmo que seu namorado (a) vai achar legal que no carnaval, que ele podia estar nas baladas ou nos sambódromos, ao invés disso ele fique “empatado” dentro de casa, porque você é evangélica (o)?. Me desculpe, mas após o carnaval vem os dias em que mais atendo mulheres com problema sentimental e precisam de ajuda psicológica, porque foram traídas e etc. Seu namorado (a) não quer se separar do pecado, se quisesse ele (a) já estaria servindo a Deus com você, é ou não é?
4° Vida Espiritual
O parceiro acha loucura quando você tem sonhos, acha bobeira ler a bíblia, não gosta das suas amizades da igreja, isso gera ciumes e ciumes gera tudo, menos coisas que realmente valem a pena. Tenho muitas amigas, lindas, que começaram a namorar com rapazes que conseguiram afastá-las da igreja. Filhas de pastores, conheço muitas. Não quero dizer que será sempre assim, mas até aqui é o que tem acontecido, e muito por sinal.
5° Dízimos e Ofertas
Você conhece alguma coisa que “pira” mais uma pessoa, que não está na igreja, mais do que o dízimo? rsrsrs
Isso é um compromisso seu com Deus! O pastor é sempre xingado... Coitado leva a culpa sem merecer (na maioria das vezes) rsrs.
6° Afastamento da Igreja
Como não dará para você unir, uma hora você terá que escolher, ou o “amor” ou o AMOR (me entendem né?) AMOR com todas as letras maiúsculas, é o AMOR de Deus. Chega uma hora que você terá que trocar as tardes de sábado, que usava para ensaiar o louvor, para passear com namorado (a), as vezes ir em shows de bandas do mundo, ou simplesmente um passeio para o sorvete. Ainda que seja uma coisa inocente, você deverá dividir o seu tempo, e Deus não aceita dividir sua vida com ninguém que venha ser “contra” ELE. Você terá que encurtar o seu tempo que era pra Deus, para poder dar atenção àquela pessoa e as brigas serão rotineiras.
7° Deus adverte contra isso na PALAVRA.
Deus tem um zelo especial pelo seu povo, por isso ELE não queria que Israel se envolvesse com as filhas de outros povos, para que Israel não viesse a idolatrar os deuses estranhos. Quando a gente está “amando” ficamos cegos e acabamos nos envolvendo muitas coisas.
8° Quando eu estiver em crise espiritual…
Quando eu estiver em crise espiritual (coisa que todos passam por ela) eu precisarei de alguém de Deus para levantar a minha fé. Só poderá fazer isso uma pessoa de Deus.
9° Quando eu quiser orar com alguém…
Há pessoas “do mundo” que não se importam em orar, porém, orar com uma pessoa que tem vida com Deus é outra coisa! Falar sobre as coisas de Deus, orar juntos, ir na vigília (eu gosto), ir na Igreja e etc.
10° Deus será colocado como incômodo no seu relacionamento
Se você quer ser livre para adorar a Deus, quer estar na igreja sem medo de ser descoberta(o) pelo seu cônjuge, aliás, quer que o  seu  futuro  cônjuge  vá com você na igreja.Então fuja de não Crentes (que podem ser ótimas pessoas, ótimos maridos e esposas), mas, estou falando sobre o lado Espiritual.
Quando tiverem filhos, não haverá discussão entre BATIZAR ou APRESENTAR, e para agradar os DOIS fazer batismo e depois a apresentação, eu sei que isso é errado. Não quero criar meu (ou meus rsrs) filho (s) com pensamento dividido. Quero que o nome do Senhor seja engrandecido por todos na minha família. E você, o que acha?

Com Informações: CJGospel.com / evangelizai.Via Panorama Cristão

Um comentário:

  1. Voce tem toda razao irmaõ! concordo com tudo q foi dito.

    ResponderExcluir